Telefone
113159-3618
Whatsapp
1198990-5985
E-mail
secretaria.mdalloglio@gmail.com
São Paulo - SP
Rua Barata Ribeiro, 398

Cuidado com a infecção urinária de repetição

 

Um alerta importante! Se a infecção urinária recorrente não é tratada, pode afetar outros órgãos do aparelho urinário e até se tornar uma infecção generalizada com risco de morte, inclusive da mãe e feto na gestação.

Quando há mais chance de ocorrer o problema?

- Anomalias anatômicas congênitas: estenose da pelve renal, refluxo vesico ureteral.

- Obstruções das vias urinárias: litíase renal, obstrução ao esvaziamento da bexiga ( bexiga caída com prolapso), retenção de urina (tumores, estreitamentos).

- Disfunção Neurológica: lesão medular.

- diabetes mellitus

A Infecção urinária de repetição é mais comum nas mulheres, principalmente na menopausa, devido redução do estrógeno e progesterona. O tratamento é feito com antibióticos. Para pacientes com infecção recorrente pode-se optar por doses menores únicas diárias por até 6 meses.